Mundo dos Famosos

[Famosos][bsummary]

Notícias

[Notícias][grids]

As Mais Pedidas

Músicas
Artistas

Classificação Brasileirão

Série A
Série B
Série A

Série B

Campeonato Brasileiro ainda não começou!
Publicado em sexta-feira, 3 de março de 2017

Aos 89 anos, Laura Cardoso descarta aposentadoria: 'Falta fazer muita coisa'

No ar em Sol Nascente, Laura Cardoso tem brilhado mais uma vez, agora na pele de Sinhá, a vovó bandida com jeito de santa. E, com uma vitalidade que vai além dos seus 89 anos, a atriz conta que não tem planos de parar de atuar. Nem mesmo os problemas de saúde que a mantiveram afastada da trama durante dois meses a fizeram diminuir o ritmo.

"Não posso parar, porque ainda falta fazer muita coisa. Eu acho que, em um mundo de personagens, o próximo papel sempre traz algo novo para você, é uma novidade. Gosto muito de tentar ver o que eu posso criar dentro do que o autor me oferece", disse ela na noite de quarta-feira (22), na abertura de uma exposição que celebra seus mais de 70 anos de carreira, no Itaú Cultural, em São Paulo.

A ideia de parar de trabalhar fica ainda pior pelo fato de que Laura sempre detestou a ideia de ser dona de casa. Em uma revista antiga que é exibida na mostra, a atriz revela que não gosta de realizar trabalhos domésticos e que o tempo livre em sua casa é ocupado com a leitura de livros.

"Eu sempre gostei de ler e de interpretar o que eu lia. Acho que essa chama da atuação nasceu comigo, me moveu para seguir esse caminho", lembra ela, que antes mesmo de ser atriz já fazia pequenas apresentações para a avó em cima de um caixote.

Com mais de 50 novelas no currículo, Laura se considera uma verdadeira operária da arte: "Uma vez, uma amiga minha me criticou por isso, disse que eu trabalhava pesado, como se fosse operária. E eu sou mesmo, tenho orgulho disso, porque quero sempre fazer melhor. Às vezes acerto, às vezes não, mas é uma honra poder trabalhar como operária no meu ofício".

A experiência de sete décadas na ativa deu a Laura a sabedoria para separar a atriz da mulher. E a Laura atriz, segundo ela, não tem os pudores da Laura mulher.

"Ator não pode ter vergonha, pudor. Se tiver que tirar a roupa, fazer alguma cena mais forte, eu faço. Não tem essa de ficar com frescura, 'Não vou fazer porque isso ou aquilo'. O ator verdadeiro se abre, se dá por inteiro. Eu nunca tive pudor. Será que estou desavergonhada?", provocou, com a língua entre os dentes.